Arenápolis News - arenapolisnews.com.br
Esportes
Quarta - 20 de Julho de 2016 às 20:44
Por: Junior Martins / Da Assessoria

    Imprimir


Junior Martins

Inspirado por filmes de artes marciais estrelados por Jean-Claude Van Damme, Igor Fernando Queiroz, um cuiabano de incompletos 15 anos de idade, começou a lutar, se encontrar, vencer e, atualmente, se preparar para representar Mato Grosso na etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude, categoria A (de 15 a 17 anos), que ocorre de 10 a 19 de novembro, em João Pessoa (PB). Um desafio que para vencer precisará encontrar o Grande Dragão Branco de dentro de si.

Jean-Claude Van Damme, nascido na década de 60, na Bélgica, sucesso de Hollywood em filmes de luta dos anos 80 a 2010, antes de ser ator, foi um menino de 11 anos, um garoto magrinho, baixinho e sensível, que ficou forte física e mentalmente por meio das artes marciais. Se tornou especialista em Karatê, Muay Thai, Taekwondo, Full Contact e KickBoxing e campeão Europeu de Karatê, até brilhar no cinema e inspirar com a película ‘O Grande Dragão Branco’ (1988).

Nesse filme Van Damme se torna Frank Dux, um jovem treinado pelo mestre Senzo Tanaka na arte de Ninjitsu. E que aceita participar de um famoso torneio chamado Kumite, em homenagem ao mestre, em Hong Kong (China). E, ao longo da competição, encontra dentro de si as forças internas necessárias para ser um campeão. Esse foi um dos primeiros filmes de luta estrelados por Van Damme e que mostrou as habilidades atléticas e proezas físicas dele.

“Adorava ver os filmes de Van Damme e de ver meu pai vestido de quimono. Comecei no Taekwondo aos 9 anos influenciado por eles. Depois passei a praticar Jiu-jitsu, Judô e Wrestling, que é a Luta Olímpica. Desde pequeno sempre fui agitado e atraído por lutas. E acredito ter vencido nas etapas municipal e estadual por ter treinado muito. Quanto mais horas de treino, mais chances de vitória”, conta Igor Fernando Queiroz, prata ano passado no nacional dos JEJs.

Um pouco diferente do ídolo belga, Igor Queiroz talvez nunca tenha sido magrinho, baixinho ou muito sensível, aos 15 anos, tem 1.82 de altura, 76 quilos e o espírito rústico dos ancestrais indígenas Bororos. E, assim como o ídolo foi chamado de “Os Músculos de Bruxelas” aos 20 anos, Igor nem precisa esperar tanto, pois já apresenta forma para ser chamado de “Os Músculos de Cuiabá”. Ele tem superado os oponentes especialmente pela robustez física acima da média.

Para o presidente da Federação Mato-grossense de Jiu-jitsu e Lutas Associadas (FMTJJLA), Francisco José Pessoa Fernandes, o prodígio já tem no currículo uma medalha de prata da etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude (JEJs) de 2015. Mas, segundo ele, não fica apenas por aí, pois o garoto também faturou ouro no estilo livre e prata no greco-romano no Torneio da Juventude deste ano. Feitos significativos para um esporte com menos de quatro anos em MT.

“Mato Grosso conquistou o total de nove medalhas na etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude. Sem somar medalhas de outras competições. Foram dois bronzes em 2013 com Josiel de Oliveira e Guilherme Carvalho e dois bronzes em 2014 com Josiel e Larissa Tywaki. E em 2015 ganhamos as primeiras duas pratas, uma com Igor Queiroz e outra por equipe. E três bronzes com Josiel, Larissa e Guilherme”, conta o presidente, o Chicão.

Lista de lutadores

Mato Grosso será representado no JEJs por uma delegação de 12 atletas. Na categoria B (de 12 a 14 anos): Guilherme Porto e Luana Carine (peso leve), Antônio Capitula Neto e Jamily Almeida (médio) e Iran Carlos Milas e Larissa Tywaki (pesado). Na categoria A (de 15 a 17 anos): Kelvyn Henrique da Silva e Gabriela Pereira (peso leve), Igor Fernando Queiroz e Wellen Neves (médio) e Guilherme Carvalho e Kethyle Lorenna Silvério (pesado). Os jogos da categoria B ocorrerão de 20 a 29 de novembro em João Pessoa (PB).






Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://arenapolisnews.com.br/noticia/105444/visualizar/