Arenápolis News - arenapolisnews.com.br
Esportes
Sexta - 08 de Julho de 2016 às 10:30
Por: G1/SP

    Imprimir


Clubes de futebol de sete estados são suspeitos de participar da fraude no resultado dos jogos que é investigada pela Operação Game Over. Segundo a Polícia Civil, o grupo manipulava resultados de clubes da primeira divisão do Rio Grande do Norte, Ceará, Maranhão, Acre, Mato Grosso e Paraná. No total, oito pessoas foram presas.

Além de indícios de fraude na primeira divisão desses seis estados, havia manipulação de resultados também em jogos da segunda e terceira divisões e categorias de base do Campeonato Paulista.

As investigações apontam que dirigentes, técnicos e jogadores recebiam de US$ 20 a 30 mil para que o time perdesse o jogo. O resultado era combinado com uma quadrilha que fazia apostas na Ásia. Onze brasileiros que faziam parte da quadrilha internacional já foram identificados, e oito presos.

Segundo a investigação, apostadores da Indonésia, Malásia e da China operavam bolsas de apostas na internet e pagavam propina para pessoas no Brasil em troca de combinação de resultados.

“As informações eram transmitidas para a quadrilha da Ásia, que replicava para os seus membros, seus integrantes, para que eles pudesse apostar nas casas de apostas com probabilidade real de lucros incalculáveis”, afirmou o delegado Mário Sérgio de Oliveira Pinto. “Os clubes recebem para perder, não recebem para ganhar”.

“Em determinada parte da investigação um dos investigados questiona ao comparsa sobre como atingir o resultado. E o comparsa diz: pega a bola com mão, cai na área, provoca pênalti, se vira”, disse o delegado.

A polícia disse que Márcio Souza da Silva era o tradutor da quadrilha. Ele jogou oito anos na Indonésia. O grupo foi descoberto depois que uma empresa contratada pela Fifa alertou que tinha algo errado em um jogo do Campeonato Paulista Sub-20. O relatório da Fifa mostra que o placar entre Atlético Sorocaba e Santo André chamou a atenção: foi 9 x 0.

A Polícia Civil e o Ministério Público de São Paulo suspeitam que dirigentes, técnicos e jogadores de pelo menos oito clubes estejam envolvidos com a quadrilha que fraudava resultados dos jogos de futebol. Agora, as partidas que eles perderam serão investigadas.

A Confederação Brasileira de Futebol disse que os campeonatos citados são de responsabilidade das federações estaduais. As federações Paulista, Cearense e do rio Grande do Norte de futebol disseram que apoiam a investigação. A Federação do Maranhão não comentou o caso. A Paranaense informou que ainda não foi notificada.

Já a Federação Mato-Grossense afirmou que não há indícios de irregularidades no estado. Não conseguimos contato com a Federação Acreana.

O Esporte Clube Santo André informou que não tem envolvimento com o caso. O Clube Atlético Sorocaba disse que não sabia da fraude.





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://arenapolisnews.com.br/noticia/105297/visualizar/