Arenápolis News - arenapolisnews.com.br
Eleições Brasil 2014
Terça - 09 de Setembro de 2014 às 17:37
Por: *JOSÉ ANTONIO LEMOS DOS SANTOS

    Imprimir


Reprodução

Na reta final da eleição, as pesquisas eleitorais passam a ter um peso importante na decisão do voto do eleitor, tanto dos indecisos quanto de quem já havia escolhido em quem votar. Cientes dessa constatação, os candidatos traçam estratégias específicas para aproveitar ou se defender dos resultados e os seus reflexos. Quem está na frente comemora, divulga nos programas de rádio, televisão e reproduzem em material gráfico. Quem está atrás esperneia, crítica e coloca em xeque a credibilidade dos institutos. É regra.


Em uma análise fria dos últimos dois levantamentos para o governo divulgados em Mato Grosso,Ibope e Mark Freitas, destaque para a diferença de até 10% nas intenções de voto apresentadas. Pelo Ibope divulgado no último dia 04 de setembro, Pedro Taques (PDT) tem 43%, Lúdio Cabral (PT) 16%, José Riva (PSD) 13%, José Roberto (Psol) 2% e José Muvuca (PHS) 1%. Vale a pena ressaltar o crescimento de 7% de Taques em relação ao primeiro balanço do instituto, realizado entre 03 e 05 de agosto.

A pesquisa Mark Freitas, publicada ontem (08) pelo site Rd News, mostrou Taques com 33,6%, Lúdio com 22%, Riva com 14,2%, José Roberto registrou 2% e Muvuca apenas 1%. Na comparação feita com a última sondagem, realizada entre os dias 28 e 31 de agosto, Taques caiu 0,3%, saindo de 33,9% para 33,6%.

Em síntese, para o Ibope, Taques cresceu 7% e leva a eleição ainda no 1º turno. Para a Mark, Taques teve ligeira queda, mas o quadro pouco se alterou na última semana, indicando forte possibilidade do estado ter 2º turno pela primeira vez na história.

Avaliando os mesmos levantamentos feitos para o senado, as diferenças se mantêm. Pelo Ibope, Wellington Fagundes (PR) tem 29% contra 24% de Rogério Salles (PSDB) e 6% de Rui Prado (PSD). Chamou a atenção o crescimento do candidato tucano, que tinha 13% na primeira pesquisa e subiu para 24% na segunda. Para a Mark Freitas, Fagundes cresceu 5%, saindo de 27,6% para 32,8%. Rogério oscilou de 18,2% para 18,6% e Prado subiu de 5,3% para 7,3%.

Os pesquisadores dos dois institutos foram a campo praticamente no mesmo momento político. O Ibope realizou sua pesquisa entre os dias 31 de agosto e 02 de setembro. Dois dias depois, a Mark Freitas levantou seus dados, entre 04 e 07 setembro.

A diferença está na quantidade de entrevistas e municípios consultados. O Ibope ouviu 812 eleitores de 39 municípios. A Mark entrevistou 1.175 pessoas de 74 municípios. As pesquisas do Ibope e da Mark Freitas estão registradas no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob os protocolos 00074/2014 e 00076/2014, respectivamente.





Fonte: Olhar Direto

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://arenapolisnews.com.br/noticia/97941/visualizar/