Arenápolis News - arenapolisnews.com.br
Agronegócios
Quarta - 20 de Julho de 2016 às 20:50
Por: Avisite

    Imprimir


Evoluindo a uma média de 2,6% ao ano, dentro de dez anos a produção brasileira de carnes deve aproximar-se dos 35 milhões de toneladas. Então, a carne de frango – que já responde por mais da metade da produção atual – deverá corresponder a 56% do volume previsto.



A projeção, atualizada anualmente, é da Secretaria de Política Agrícola (SPA) do Ministério da Agricultura e está contida em relatório recém-publicado no qual se avaliam as perspectivas da agropecuária brasileira entre 20015/2016 e 2025/2026.



A destacar que é graças, sobretudo, à carne de frango que a produção total evolui à média de 2,6%. Este índice vai proporcionar, em 2026, incremento de cerca de 30% na produção das três carnes – um adicional de 7,830 milhões de toneladas. E volume correspondente a 63% desse adicional estará sendo suprido pela carne de frango.



Em outras palavras, a produção de carne de frango tende a aumentar quase 35% - média de pouco mais de 3% ao ano. Já o incremento da carne suína é estimado em 31% - média de 2,7% ao ano. Por fim, a produção de carne bovina tende a aumentar 21% - cerca de 2% ao ano, o suficiente, conforme a SPA, para atender o consumo interno e as exportações.



Por essas projeções, a participação da carne de frango na produção total tende a subir de 54,10% para 56,12%, aumento de 3,73%. A da carne suína mantém-se praticamente no mesmo nível, passando de 13,73% para 13,89%, incremento de 1,16%. E a da carne bovina recua, passando de 32,17% para exatos 30%, uma perda de 6,76%.







Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://arenapolisnews.com.br/noticia/105446/visualizar/