Arenápolis News - arenapolisnews.com.br
Esportes
Segunda - 22 de Junho de 2015 às 10:50

    Imprimir


Neymar (Foto: Marcio Iannacca (GloboEsporte.com))


Neymar deixa a concentração da seleção brasileira (Foto: Marcio Iannacca)

O atacante Neymar deixou a concentração da seleção brasileira, em Santiago, por volta das 9h10 (de Brasília), horas depois da CBF anunciar que havia desistido de diminuir a pena imposta pela Conmebol ao camisa 10. Carregando o prêmio de melhor jogador da vitória por 2 a 1 sobre o Peru, o jogador conversou rapidamente com os jornalistas na saída do hotel. Na entrevista, ele admitiu o erro no duelo contra a Colômbia, afirmou ter aprendido com a punição e que não tinha condições de seguir com o grupo na sequência da competição.

- É complicado um cara treinar sem ser para alguma coisa. Todos que estão aqui estão treinando para jogar, em busca do título, como eu vinha treinando. A Copa América para mim acabou e não tinha porque eu estar aqui. Motivo de tristeza. Ia me matar por dentro. Você não tem alegria, não encontra alegria em nada. Agora é descansar a mente e curtir a família em casa - disse o jogador, que vai seguir para São Paulo em avião particular.

O jogador admitiu que as atitudes após o apito final da derrota por 1 a 0 para a Colômbia vão servir de aprendizado para a sequência de sua carreira. Neymar foi suspenso pela Conmebol por acúmulo de cartões amarelos e pela expulsão quando se encaminhava para o vestiário.

- Meus companheiros, comissão técnica... Todos sabem o que eu sinto, o que eu penso. Eu me deixei levar, me pus nessa situação chata.

Neymar afirmou ainda que a ficha da punição só caiu horas antes de deixar o hotel da seleção brasileira para retornar para São Paulo.

- Teve aquele momento com esperança (de que a pena pudesse ser reduzida). Mas agora já foi, já passou. Agora é o momento de refletir e que sirva de aprendizado não só para mim, mas para todo mundo. É mais uma coisa que acontece na minha vida e eu aprendo muito.

O camisa 10 revelou ainda que a decisão foi tomada porque a CBF teve informação de que a pena não seria reduzida na Câmara de Apelações da Conmebol.

- O melhor foi fazer isso. O melhor foi eu ir embora.

No fim, o jogador falou que faria uma troca na Copa América.

- Trocaria esse troféu (de melhor jogador da estreia) pela taça de campeão.

Sem Neymar, Brasil volta a campo neste sábado para enfrentar o Paraguai, pelas quartas de final da Copa América. O confronto será transmitido ao vivo pela TV Globo, SporTV e GloboEsporte.com. O site acompanha em Tempo Real.





Fonte: Globo Esporte

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://arenapolisnews.com.br/noticia/103545/visualizar/